Pindamonhangaba – SP, localizado no Vale do Paraíba, apresenta algumas das contradições inerentes ao modelo de desenvolvimento contemporâneo, baseado em alta tecnologia. Apresenta dentro do Vale do Paraíba (região com dois milhões de habitantes) o maior PIB per capita e a menor renda per capita. Tem 22,3% de miseráveis (a mais alta taxa do Vale do Paraíba), distribuídos em 10 regiões bem localizadas geograficamente. O IA3 iniciou seu trabalho no bairro do Feital por ser na época de sua constituição o bairro com os piores índices de vulnerabilidade juvenil, passados cinco anos de atuação e consolidação de suas ações iniciativas o IA3 expande seu trabalho para os demais bairros vulneráveis do município. Atualmente além do Feital o Instituto atua no bairro do Castolira, Liberdade e Cicero Prado, em breve bairros das Campinas e Araretama receberão unidades do IA3.

O município possui 3.928 habitantes, sendo que 20,5% são adolescentes e jovens entre 10 e 19 anos, apesar de possuir indústrias de grande porte e altamente tecnológicas que lhe confere um PIB significativo, não absorve a mão de obra local por falta de qualificação, gerando assim o paradoxo: “apesar de gerador de riqueza, possui milhares de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza, apresenta inclusive os piores indicadores de vulnerabilidade juvenil da região”:

- alto índice de gravidez na adolescência, a maioria das grávidas são menores de 19 anos;

- escolaridade e idade inadequada, 40% dos jovens estão atrasados em relação à idade adequada aos estudos;

- 80% abandono escolar no ensino Médio;

- alto índice de desemprego e

– dependência química, que em conjunto fazem do município um dos bairros mais vulneráveis da região.

Veja o Diagnóstico Social
pinit fg en rect red 20 Onde Atuamos